Sumário #3 – Vídeos sobre ensino, pós-graduação e qualidade

Neste sumário estou apresentando os vídeos sobre o ensino a distância, seu impacto nas Universidades e considerações sobre as pós-graduações. Certamente estamos em um momento em que o modelo brasileiro de pós-graduação precisa ser repensado. Todo o conteúdo destes vídeos está complementado por muito material nos posts em meu site. Este material complementar é gerado automaticamente por um abusca no site, então está sempre atualizado.



Pós-graduação uma nova visão: Crise, Avaliação e Qualidade

Desde a apresentação da avaliação multidimensional muita coisa mudou. Nesta apresentação foco na necessidade dos programas de pós-graduação focarem na sua autoavaliação e na definição de um perfil específico. Se atingirem uma nível consistente de qualidade as avaliações externas serão compatíveis com esta qualidade. Estamos demasiadamente preocupados com as avaliações da CAPES (o urgente) e talvez nos esquecendo que somos independentes na definição e busca do que é qualidade para o programa (o importante).


EaD após a pandemia.

O Ensino a Distância é muito mais do que o uso de ferramentas de TIC. Esse é apenas um dos aspectos. Ao longo destes dois meses de distanciamento social temos discutido muito o tema. Muito deste texto foi obtido destas discussões, agradeço a todos os colegas do Inf UFRGS pelas inúmeras ideias e algumas frases das quais me apropriei para a redação deste texto. Com a COVID-19 estamos percebendo que muita coisa pode ser realizada com as plataformas de Tecnologias de Informação disponíveis. Depois de passada a crise será possível analisar os resultados obtidos com as diversas alternativas desenvolvidas. Mas nunca devemos nos esquecer que a utilização de EaD exige uma dedicação intensa dos professores e uma mudança importante dos gestores das universidades e inclusive da legislação, a EaD nunca pode ser vista como uma forma de reduzir custos. A qualidade exige esforço e recursos, não se obtém bons resultados sem esforço, dos professores, dos gestores e dos alunos. O Ensino a Distância requer um envolvimento didático diferente do ensino presencial, justamente por não existir o contato presencial.

Material complementar


 

Avaliação Multidimensional: uma Nova Visão para os Programas de Pós-graduação. 

Hoje perdemos a visibilidade por parte da população, estamos demasiadamente preocupados em mostrar nossa produção em termos do Índice Restrito do QUALIS da CAPES. Vocês acham que a população, que nos paga as pesquisas, sabe o que é isso? O mundo mudou, a sociedade quer saber que efeito positivo em sua vida ocorrerá como resultado das atividades dos programas de pós-graduação. Precisamos mostrar a importância social do que fazemos de forma que seja possível a sua compreensão pelo público geral. A partir disso é possível relacionar a parte científica com as pesquisas desenvolvidas. As publicações são a consequência de uma pesquisa de qualidade, não o resultado da pesquisa. A atual avaliação, muito centrada em publicações, é uma das grandes culpadas pelo distanciamento da comunidade acadêmica da sociedade. A Comunidade Europeia – CE – está mudando a avaliação das Universidades, o U-Multirank considera múltiplas dimensões na avaliação. O U-Multirank é uma classificação criada por um consórcio de centros de estudos da Alemanha e Holanda, em 2014 e apoiada pela CE. Esta análise multidimensional servirá para induzir pesquisas de maior impacto científico, social e econômico. As dimensões consideradas pela CAPES são: Ensino e aprendizagem, Internacionalização/Inserção, Produção de conhecimento, Inovação e transferência de conhecimento, e Impacto e relevância para a sociedade. Este modelo começará a ser aplicado a partir do próximo quadriênio, começando em 2021. O objetivo desta palestra é apresentar o modelo e dispor de um tempo para discussão dos impactos em nossos programas.