Sumário: Sistemas de informação

Atualizado a 1 mês


Neste post apresento vídeos sobre a Sistemas de Informação, Modelagem conceitual. O objetivo é oferecer livremente sob licença Creative Commons (Uso não-comercial – Vedada a criação de obras derivadas) para que alunos de computação disponham de material complementar para as suas aulas. Periodicamente será adicionado uma nova miniaula sobre o tema ou em demais assuntos de interesse para a vida acadêmica, assine o canal para se manter atualizado. Este pequeno vídeo mostra como utilizar as miniaulas para suportar seu curso em EaD.

 

 

  • Para tópicos avançados sugiro que acessem meus artigos referenciados no Google Acadêmico.

  1. Dados, Informação e Conhecimento: Neste vídeo mostro a diferença entre dados, informação e conhecimento. Dados podem ser definidos como informações brutas, ou seja, não tratadas. A informação consiste no significado associado aos dados, e no conhecimento existe a compreensão do significado da informação. Dados são representados em arquivos lógicos definidos nos programas de aplicação para poderem ser processados digitalmente e armazenados em meios físicos para garantir sua permanência.
  2. Complexidade de Sistemas de Informação – O projeto de sistemas de informação é uma atividade complexa. Esta complexidade é consequência da dificuldade de compreensão da realidade. Aqui apresento o problema e a forma de tratá-lo bem como o apresento o esquema do processo de desenvolvimento de um sistema de informação (a engenharia).
  3. Modelagem Conceitual – Representar a realidade em um modelo conceitual depende de nossa percepção do mundo. Todo o processo é bastante complexo para ser realizado,  passa pela percepção da realidade, de sua descrição informal até a formalização e criação do esquema conceitual. Aqui é apresentada a introdução a este problema, o assunto “Complexidade de Sistemas de Informação” é tratado no vídeo com este nome, sugiro fortemente que o assistam.
  4. A evolução da Modelagem Conceitual – Aqui apresento neste vídeo uma ampla visão de como evoluiu a Modelagem Conceitual desde as réguas de fluxograma até as ontologias. ESte é um conteúdo essencial para compreender a evolução da Modelagem Conceitual.
  5. O que é Ontologia? – Usamos muito o conceito de Ontologia na modelagem conceitual. Mas o que é realmente uma ontologia para a computação? Neste vídeo mostro a origem deste conceito e como o adaptamos para a utilização como um instrumento de modelagem conceitual.