Cheguei a 1.000 assinantes no YouTube

No início da pandemia do COVID-19 ocorreu um grande afastamento social. Se discutiu o problema que estava ocorrendo com muitos alunos sem acesso ao material didático e perdendo meses, depois anos de estudo. Comecei a pensar na forma de manter um atividade durante aquele período de isolamento e, ao mesmo tempo, apoiar toda esta massa de estudantes de Computação. Em muitas localidades afastadas e em menores universidades o acesso ao ambiente virtual de aprendizagem era e ainda é muito falho. Resolvi, então, começar a postar pequenos vídeos sobre Computação, Tecnologia e aspectos humanos e éticos ligados ao Ensino e Pesquisa. Certamente foi um aprendizado, hoje recebi uma mensagem do YouTube informando que havia atingido ao número de 1.000 assinantes! Foi uma grande satisfação pois consegui validar a ideia de que um material tecnicamente consistente mas sem ter um formato muito acadêmico e de pesquisa têm utilidade social. Um dos vídeos mostra como usar estas mini-aulas em cursos de computação. Algumas, sobre Modelagem Conceitual e Ontologias podem ser utilizadas como motivação para estudos mais avançados. Aliás, todas podem ser utilizadas para uma apresentação dos temas com um debate aprofundado com os alunos e trabalho com artigos atuais sobre o tema. Tenho recebido bons retornos de alunos e candidatos à pós-graduação que consideraram muito úteis as indicações na playlist Como? para orientar pesquisa, a admissão nos programas e redação de trabalhos acadêmicos. SE você tem aproveitado estes conteúdos compartilhe o canal com seus colegas.