Aulas em EaD – alguns comentários

Em tempos de severas restrições de contato social, como a atual, os organizadores de aulas devem optar por renunciar completamente às reuniões síncronas e focar apenas em suas alternativas assíncronas – artigos publicados, vídeos pré-gravados, artefatos de software publicados e talvez até Perguntas e Respostas assíncronas e outras formas de estimular a interação com os alunos. Como auxílio para a estruturação destas atividades compilei uma série de sugestões de diversas fontes, entre elas a lista de discussão do Instituto sobre EaD, agradeço a todos que opinaram sobre o assunto.

Uma das conclusões mais importantes de experiências passadas com EaD é que as atividades não devem ser pensadas apenas sobre a tecnologia que as suporta, mas as necessidades são, acima de tudo, sobre repensar e redirecionar as coisas que professores e alunos normalmente fazem em novas mídia e novas formas de interação.

Outra questão importante a considerar ao planejar uma aula virtual é garantir que as disparidades socioeconômicas existentes não sejam amplificadas pela rápida mudança do físico para o virtual. Por exemplo, é possível imaginar soluções tecnicamente sofisticadas que estariam fora de alcance para muitas comunidades; ou longas sessões interativas que estão em desacordo com os deveres de cuidados infantis dos participantes. Portanto, ao planejar aulas virtuais, também precisamos implementar mecanismos para apoiar sua implantação por todos os membros da comunidade que eles atenderão.

1.      Escolha tópicos curtos

Escolher o caso certo é chave neste momento. Recomendamos o uso de casos curtos para manter o foco dos alunos durante a aula. Toda aula tem que ser dinâmica mudando a prática pedagógica a cada 10 minutos. Um colega gravou uma aula de duração de 1h 30m,depois de 10 minutos alguns alunos perguntavam se ele não poderia explicar melhor, em vez de passar o vídeo.

2.      Incentive a interação usando ferramentas tecnológicas

Durante a aula, faça bom uso das perguntas de discussão sugeridas nas notas de ensino para garantir que seus alunos estejam participando. Para aumentar o engajamento, use tecnologias que permitam votações, questionários e bate-papos.

Quem já leciona com projeção pode reusar suas transparências1 já previamente preparadas. Não há muita diferença entre Explicações Presenciais Contextualizadas pelas Transparências comparadas com Explicações por Voz na modalidade EaD também com Transparências. Os alunos participam mais na EaD, pois o número de perguntas e dúvidas aumenta. Os alunos ficam mais a vontade para fazerem perguntas, inclusive por chat. Outra grande vantagem, é o fato de ser possível gravar as anotações realizadas durante as explicações para consultas posteriores.

Para que encontros síncronos sejam efetivos, é necessário introduzir, de tempos em tempos, dinâmicas diferentes nessas aulas como: exercícios, jogos, quiz, fóruns, discussões etc. de maneira a manter a atenção dos alunos. É recomendável, também, acrescentar outras atividades (além dos encontros síncronos) para realizarem em casa (exercícios extra classe e trabalhos, por exemplo)

Nas aulas online, crie tópicos de discussão e use-os para manter a motivação entre as aulas. Essa é uma ótima maneira de monitorar a contribuição e participação dos alunos. Este ponto será mais tratado no item 4. sobre a avaliação.

3.      Apoie a interação entre os alunos

Neste período em que seus alunos não terão contato pessoalmente com seus colegas, incentivar a interação entre eles em um formato online ajudará a garantir que qualquer discussão continue fora da aula.

Para turmas de pós-graduação uma alternativa é solicitar a redação de um artigo por aluno. Cada aluno é o autor principal, mas trabalha com o orientador e pode convidar colegas de turma que têm contribuído com sugestões das avaliações que todos fazem como atividades da própria disciplina.

4.      Avaliação

Uma exigência das disciplinas na modalidade EaD é a Autenticidade das Provas e dos Trabalhos da disciplina. A Autenticidade é a autoria inequívoca dos documentos avaliados para fins de atribuição de notas. Aqui fica claro que o professor vai ter que trabalhar muito mais com vários encontros presenciais de avaliação pessoal. Os alunos também dizem que eles estão trabalhando muito mais. A autenticidade pode ser garantida de duas maneiras:

  • Por responsabilidade do professor que tem se encontrado virtualmente com seus alunos (com um diálogo personalizado) sem a necessidade de encontros presenciais.
  • Por responsabilidade de um tutor da disciplina que recebe o aluno presencialmente para que ele responda a prova final preferencialmente digital (pode ser em papel, em caso de falha da tecnologia), assinando a lista de presença.

5. Tecnologia

Após a redefinição dos procedimentos será necessário passar para a escolha das tecnologias. A ACM elaborou uma tabela muito interessante sobre as tecnologias e suas características.
 

  1. Não reclamem da palavra, slides é a tradução de transparências e usar “tela” não me parece bem. []