A crise das criptomoedas e das startups

Eu entendo que a similaridade entre a crise das criptomoedas e das startups é a absoluta necessidade de crescimento, se cada vez mais pessoas não quiserem comprar Bitcoins ou usar os novos serviços tudo desaba. A alavancagem (sem entrar em detalhes técnicos de economia) funciona na expectativa de crescimento que dará o retorno esperado. Quem vai por 1 milhão de dólares em uma startup sem esperar um bom retorno? Este retorno só virá se houver uma conquista enorme de mercado; com a redução da atividade econômica tudo desaba. Como ninguém mais quer comprar Bitcoins o valor, sem lastro, desaba. De forma similar o retorno esperado da startup desaparece e alguém terá que pagar o empréstimo. Pelo menos é assim que vejo a realidade, o certo seria um crescimento progressivo das startups com o reinvestimento dos lucros, há muitas novas startups financeiras virtuais que nunca deram lucro. Me parece que o real problema é a alavancagem enorme destas startups. Isso só funciona se houver uma expectativa de compra futura, é um processo análogo à queda das criptomoedas. Se as startups crescerem naturalmente não haverá crise, mas ai desaparecem os milionários-minuto.